Estamos a algumas semanas desta grande festa que é o natal. E os preparativos já se começam desde agora. A lista de compras é grande, os convidados são muitos, e todos querem ter um feliz natal. Agora, onde vamos comprar esta felicidade para todos? Vemos nas vitrines tantas coisas, qual delas é o que fará nosso natal um feliz natal?

Quando vamos ao shopping center, encontramos o Papai Noel, suando como nunca, com sua roupa de inverno, no verão do Brasil. O ambiente tomado dos filmes americanos, faz com que sintamos o natal mais proximo. Algodão para simular a neve, as renas artificias, pinheiros de plástico e uma casinha feita de isupor, como se fosse madeira. Tudo isso chama a atenção de crianças e adultos, que ao aproximar-se do bom velhinho faz o se pedido de natal.

Depois que os pais escutaram das bocas de seus filhos o que querem de presente, e de ter tirado muitas fotos, vão para as vetrines para comprar tudo o que permite o crédito bancário. Luzes, árvores de natal, todos os enfeites. Brinquedos e aparatos eletronicos para os jovens e crianças, roupas e bolsas para as mulheres e artigo de pesca ou esporte para os homens.

Tudo parece ter um preço, também a felicidade?  Mas por acaso as lojas não estão abertas todo o ano? e não se compra presentes também nos dias de aniversários e datas importantes, ou num dia qualquer, quando queremos dar-nos o agrado de um presente?

Então, qual é a diferença entre um feliz natal e um feliz dia qualquer?

Se queremos encontrar um sentido para este dia, devemos buscar qual é a diferença de qualquer outro dia.  Natalis do latim, significa a celebração do nascimento. Mas o nascimento de quem celebramos este dia? Seria uma pena fazer-nos um dia esta pergunta não de modo retórico, mas como resultado da ignorância. O que faz que este dia seja o dia de Natal, é justamente o nascimento de Cristo.

Sem a celebração do nascimento do Menino Jesus, não podemos ter um feliz natal. De fato o feliz natal, que se deseja a todos, não pode ser comprado. O único presente que é realmente gratis, pois todos os outros temos que, de algum modo pagar por eles, é dado pelo próprio Deus. Ele entrega seu filho, como presente e a única coisa que devemos fazer é aceitar.

Assim todos podemos ter um feliz natal, basta receber o Único capaz de transformar, não só este dia, mas toda a nossa vida em um feliz natal. já pensou se fosse natal todos os dias? É possível ter esta felicidade em nossos corações todos os dias sem ter que pagar por ela. Uma felicidade gratuita.